Postagens populares

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Palavras Brincantes



O amor que saiba dialogar com a razão,
Que segure as redeas da emoção...
Por que eu.... eu.. jamais terei essa noção!

O amor que vem chegando como vento, brincante..
balançando os galhos da ilusão.. devaneios...
e vem, por um momento fugaz, vem..
fortuito e surreal, enebriado dizer não ao mais ardente dos desejos..
carne viva, pele em chamas...
Seu tocar já conhece meu corpo, meus labios, meus beijos... e todos os sabores de nossa mistura...

Então...
O amor que saiba dialogar com a razão,
Que segure as redeas da emoção...
Por que eu.... eu.. jamais terei essa noção!

2 comentários:

jefhcardoso disse...

As rédeas da emoção não têm mãos fixas numa relação. Ora estão nas mãos do homem, ora é uma mão feminina que as seguram, tudo depende da situação, porém as rédeas nunca podem cair.

Quero aproveitar e lhe convidar para ler “Para o final a contemplação” no meu http://jefhcardoso.blogspot.com
Será um prazer lhe receber.

“Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

Unknown disse...

olá Jef.... depois de algum tempo.. ainda há vida poética por aqui... e sua página vou visitar.. abraços poéticos